A história por trás de 10 músicas de Nando Reis e Humberto Gessinger

Muito mais que uma inspiração, as letras de canções famosas representam partes da vida desses cantores, que se apresentam em Brasília nesta sexta-feira (5/8)

atualizado 17/10/2019 15:04

Nando Reis e Humberto Gessinger, dois dos artistas mais queridos do rock e pop/nacional, irão se apresentar juntos nesta sexta-feira (5/8), a partir das 22h, no NET Live Brasília.

Acompanhados por suas respectivas bandas, mostrarão os sucessos de seus mais recentes trabalhos: “Sei” e “Insular Ao Vivo”. É claro que não ficarão de fora hits de suas carreiras. Enquanto o ex-Titãs promete embalar a noite com canções como “Sou Dela”, “All Star” e “Os Cegos do Castelo”, o eterno Engenheiro do Hawaii irá fazer todo mundo cantar ao som de “Refrão de Bolero”, “Piano Bar” e “Eu que Não Amo Você”.

Para mostrar que eles foram muito mais que integrantes de bandas de sucesso, revelamos as histórias por trás de 10 composições escritas pelos artistas. Confira:

NANDO REIS

O mundo é bão, Sebastião
Essa frase era repetida diversas vezes por Vânia, mulher de Nando Reis, a seu filho, Sebastião. Segundo o cantor, o garoto, que tinha apenas 6 anos na época da gravação, era meio mal-humorado e dizia não para tudo. “Ô, Sebastião, se alegra! O mundo é bão”, contou. Daí surgiu a ideia da letra.

All Star
A música foi escrita para a amiga Cássia Eller. Nando sempre a visitava em seu apartamento, que ficava no 12º andar de um prédio no bairro das Laranjeiras, no Rio de Janeiro. Ela tinha um All Star azul e ele um de cano alto preto.

Relicário
Escrita em 17 de agosto de 1997, dia do aniversário da mãe de Nando Reis, que gostava muito do bolero “O Relicário”, a música fala de uma história de amor que foi interrompida pela chegada de uma terceira pessoa. Segundo o cantor, o nascimento de seu filho Ismael – e não de uma amante, como muitos podem pensar – é o que representou a reviravolta desse relacionamento.

Back in Vânia
A canção faz parte do álbum mais recente do cantor, “Sei”, e fala sobre o relacionamento de Nando Reis e Vânia. Os dois foram casados por 20 anos, tiveram quatro filhos e depois passaram 10 anos separados. O mais novo trabalho do músico é uma homenagem à reconciliação do casal e ao amor.

Resposta
A canção, gravada em 1998 pela banda Skank, foi escrita por Nando Reis em homenagem a outro grande nome da música brasileira: Marisa Monte. Os dois tiveram um relacionamento e a música marca o fim do casal.

HUMBERTO GESSINGER

Infinita Highway
O hit foi composto em meados dos anos 1980, quando Gessinger ainda era adolescente. Em entrevista ao jornal Zero Hora, em 2013, o compositor afirmou que as reflexões existencialistas presentes na música foram inspiradas pelos escritores Sartre e Camus, mas a escolha da palavra “highway” provavelmente teve mais a ver com o clássico sertanejo Estrada da Vida, de Milionário e José Rico.

E-stória
A música foi escrita após uma troca de e-mails com o ex-bateirista do Engenheiros do Hawaii Carlos Maltz, depois dos dois passaram anos sem se falar. Gessinger afirmou que recebia diversos e-mails que diziam ser de Maltz e, um dia, respondeu um deles, perguntando algo que apenas o próprio Maltz saberia responder: qual o sabor do crepe que o Pitz gostava? A resposta que chegou foi “banana”. Então, os dois se reconciliaram e voltaram a fazer parcerias, como no Acústico MTV.

Pra ser sincero
“Pra ser sincero não espero que você me perdoe por ter perdido a calma, por ter vendido a alma ao diabo”. Não, os Engenheiros não venderam a alma ao demônio, como muitos pensam. Trata-se apenas de uma metáfora para indicar que uma pessoa cometeu um erro crasso, imperdoável, do qual se arrependia profundamente. Quem? Isso Gessinger nunca revelou.

Refrão de Bolero
Quem foi Ana, que aparece na quarta faixa do disco A Revolta dos Dandis (1987)? Sabemos que “seus lábios são labirintos”, mas Gessinger não fala muito sobre a moça, apenas que era de Porto Alegre — por quem provavelmente um dia se apaixonou.

Lance de Dados
No álbum “Simples de Coração”, a faixa é dedicada a um rapaz chamado Francisco. Ele é um afilhado especial de Gessinger, portador da Síndrome de Down, segundo entrevistas com o artista.

 

Nando Reis e Humberto Gessinger em Brasília

Informações
Data: 5 de agosto de 2016, sexta-feira, às 22h
Abertura dos portões: 20h
Local: NET Live Brasília (SHTN Trecho 2, Quadra 5, Bloco A).
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 16 anos (Pista e Frente Palco) e 18 anos (Mesa Bistrô).
Informações: (61) 3342-2232 / 3306-2030

Valores dos Ingressos
Pista Frente Palco: R$160,00 (inteira) e R$80,00 (meia/Promo NET)*
Pista: R$100,00 (inteira) e R$50,00 (meia/promo NET)*
Mesa Bistrô Open Bar (4 lugares): R$2000,00 (inteira) e R$1000,00 (meia/promo NET)*
* Valores dos ingressos sujeitos à alteração de preço sem aviso prévio e cobrança de taxa de conveniência

Pontos de Venda
Vendas On-Line e Call Center:
Pela Internet: Bilheteriadigital.com
* sujeitos à taxa de conveniência e de entrega.

Bilheteria Digital: Pátio Brasil (Piso 3), Liberty Mall e Alameda Shopping
Bilheteria do NET Live Brasília (Somente no dia do show): SHTN, Trecho 2, Conjunto 5, Lote A – Asa Norte, Brasília – DF

Promoções
Promoção de 50% sobre o valor da inteira:
Clientes NET: apresentar, junto com o documento de identidade, a última fatura paga do mês vigente ou anterior; Clientes Claro: apresentar, junto com o documento de identidade, a última fatura paga do mês vigente ou cartão Clube Claro.

Alunos Academia Bodytech: apresentar última mensalidade paga do mês vigente ou anterior.
Observação: Ingressos promocionais destinados aos clientes NET, Claro e alunos Bodytech que efetuarem compra serão vendidos com 50% de desconto, sobre o valor da inteira, não sendo cumulativo o desconto, com a quantidade máxima estipulada de 10% da capacidade da casa por setor. Desconto limitado a 04 ingressos por titular.

Meia-entrada: Alunos e professores do ensino público ou privado, jovens de baixa renda entre 15 e 29 anos e maiores de 60 anos. Valores da meia-entrada são limitados a 40% da capacidade do local. É obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição de beneficiário no ato da compra e entrada do evento (para compras na bilheteria oficial e pontos de venda físicos) / na entrada do evento (para compras via internet).

Últimas notícias