*
 

Passadas as 72 horas dadas pela Justiça para que a Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) faça a demolição de dois prédios em situação irregular em Vicente Pires, os dois edifícios continuam de pé.

A Procuradoria Geral do DF (PGDF) informou que “está em contato com a Vara de Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano e Fundiário do DF para tratar do cumprimento da decisão”, mas não detalhou por que as estruturas ainda não foram colocadas no chão. Nem a PGDF nem a Agefis souberam informar a data das demolições.

Segundo o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), os responsáveis pela obra não têm a propriedade do imóvel e não cumpriram os requisitos legais para sua execução.

A área não possui licenciamento ambiental, mas abriga dois prédios com seis andares cada. Em 20 de outubro de 2017, um dos empreendedores morreu quando uma parte da estrutura desabou e o atingiu, na obra da Rua 4, Chácara 149.