Mesa JK é ponto turístico do Riacho Fundo II

No local, JK fazia os encontros em meio à paisagem quando precisava de privacidade e discrição

atualizado 09/09/2015 11:19

Ainda em crescimento, o Riacho Fundo II tem pontos turísticos conhecidos por ciclistas e amantes da natureza, pouco divulgados para a população em geral. Na saída sul do Distrito Federal, pela BR-040, próximo à nascente do Córrego Capão Preto, está a Mesa JK. O local histórico era ponto de encontro do ex-presidente Juscelino Kubitschek com a equipe de governo na época da construção de Brasília.

Em meio à paisagem com piscinas naturais, vegetação e cachoeiras, está uma mesa de concreto encontrada após 20 anos de descaso. Muito usada na década de 1960, a mesa e o espaço ficaram esquecidos até meados dos anos 1980. O lugar chegou a ser depredado, mas foi encontrado por moradores do Combinado Agro-Urbano de Brasília (Caub I) e, desde então, preservado.

Os relatos em livros de estudiosos da história são de que JK fazia os encontros em meio à paisagem quando precisava de privacidade e discrição. Ele ainda usava o espaço em períodos de estiagem para amenizar os efeitos da seca. 

Mais lidas
Últimas notícias