Desempregado e com dívidas, homem devolve carteira com R$ 3,4 mil

Walter Hudson sequer chegou a contar quanto havia na carteira encontrada e avisou a polícia para tentar achar o dono, um sargento da PM

PMDF/ReproduçãoPMDF/Reprodução

atualizado 08/10/2018 19:27

Endividado e sem emprego formal há quase um ano, o morador do Recanto das Emas Walter Hudson Santos, 44 anos, encontrou uma carteira recheada com dinheiro na agência do Banco de Brasília (BRB) da cidade, na tarde desta segunda-feira (8/10).

O homem, que havia ido à instituição bancária para tentar um empréstimo de R$ 250,00, sequer chegou a contar quanto dinheiro havia e imediatamente informou a policiais que estavam em uma viatura sobre o objeto encontrado. No fim da tarde, a PM conseguiu localizar o dono e restituir os R$ 3,4 mil perdidos.

Walter entrou no carro da PM e saiu em busca da pessoa que perdeu a carteira. “O dono era um policial e estava fardado. Vi que ele mexia com um monte de documentos. Quando ele saiu, eu vi a carteira largada. Até tentei ver se eu o encontrava, mas ele já tinha sumido. Pensei em entregar no banco, mas preferi avisar a polícia, para ver se eles me ajudam a achar o dono”, contou.

De acordo com Walter, ele ficou com as pernas trêmulas quando encontrou os valores: “Nunca vi tanto dinheiro”, disse. Ainda assim, em nenhum momento, ele pensou em ficar com o dinheiro de outra pessoa. “Eu não sei o que ele está passando, pode estar precisando mais do que eu. Não posso ficar com algo de outra pessoa. Devolver é minha obrigação, e de qualquer um que seja honesto”, reforçou.

No final, Walter não aceitou qualquer tipo de recompensa. “O que eu posso fazer por fazer, meu amigo”, perguntou o policial. “Nada, só amizade. Se você quiser ser meu amigo a partir de agora, está tudo bem”, respondeu o desempregado.

Últimas notícias