*
 

Depois de vistoriar tesourinhas em quadras das Asas Sul e Norte, a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) retorna a esses locais para ações preventivas.

Equipes da companhia vão retirar e demolir materiais potencialmente críticos – como guarda-corpos quebrados ou pedras soltas – nas estruturas dos Eixos L e W, a começar pela Asa Sul.

Nesta quarta-feira (4/4), o trabalho foi concentrado nas quadras de final 1/2, entre o Hospital de Base e o Banco Central.

O serviço prossegue até o fim da semana em todas as tesourinhas da Asa Sul. “Isso não tem impacto estrutural nas tesourinhas, é preventivo, para evitar acidentes”, reforçou o diretor-presidente da Novacap, Júlio Menegotto.

Segundo ele, a manutenção inclui retomar a altura original dos viadutos, de 4 metros. “Ao longo do tempo, com o recapeamento, o gabarito original de altura ficou prejudicado.”

As tesourinhas visitadas no fim de março pela Novacap – das Quadras 3/4 e 15/16, na Asa Sul, e das Quadras de final 15/16 Norte – constam de lista do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) e já passaram por inspeção prévia da companhia.

Na ocasião, ficou comprovado que elas não têm problemas estruturais, mas precisam de recomposição de itens, como troca de guarda-corpo ou revestimento devido a danos causados por caminhões.

Nos locais onde houver reparos em andamento, o trânsito será parcialmente interditado.

 

 

COMENTE

comunicar erro à redação

Leia mais: Plano