metropoles.com

Vale vai pagar R$ 7,8 bilhões com reparações por Brumadinho em 2023

Entre 2019 e 2022, empresa gastou R$ 37,2 bilhões com desastre que provocou a morte de 270 pessoas e completa quatro anos no fim deste mês

atualizado

Compartilhar notícia

Bárbara Ferreira/Especial para o Metrópoles
imagem colorida brumadinho
1 de 1 imagem colorida brumadinho - Foto: Bárbara Ferreira/Especial para o Metrópoles

A Vale planeja desembolsar cerca de R$ 7,8 bilhões em 2023 com reparações pelo rompimento de barragem de Brumadinho, em Minas. O colapso da estrutura completa quatro anos no fim deste mês. Ele provocou a morte de 270 pessoas e três continuam desaparecidas.

A informação foi dada nesta quarta-feira (18/1) pelo diretor de Reparação e Desenvolvimento Territorial, Marcelo Klein, em entrevista à agência Reuters.

Do total de recursos, R$ 3,9 bilhões têm como destino a provisão para acordo fechado com autoridades e R$ 1,9 bilhão em projetos próprios da companhia. Os R$ 2 bilhões restantes serão empenhados em ações como manejo de rejeitos, monitoramento de barragens, reformas e manutenções de infraestrutura, estudos e desenvolvimento de projetos.

De acordo com a Vale, mais de 13,5 mil pessoas já fecharam acordo de indenização em reparação aos danos causados pelo rompimento da Barragem B1, em Brumadinho, e em função das evacuações em outros territórios. A empresa desembolsou o total de R$ 37,2 bilhões, de janeiro de 2019 a dezembro de 2022, com pagamentos de indenizações individuais, cumprimento do Acordo Judicial de Reparação Integral e outras ações de reparação.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNegócios

Você quer ficar por dentro das notícias de negócios e receber notificações em tempo real?