metropoles.com

Sem controle: dólar paralelo bate novo recorde na Argentina

Agora, moeda americana está sendo cotado a 905 pesos. Limites têm sido quebrados quase diariamente, com proximidade da eleição presidencial

atualizado

Compartilhar notícia

Divulgação
imagem colorida notas de dólar - Metrópoles
1 de 1 imagem colorida notas de dólar - Metrópoles - Foto: Divulgação

O dólar paralelo, conhecido como “dólar blue”, voltou a bater novo recorde na Argentina. Nesta segunda-feira (9/10), ele está sendo cotado a 905 pesos. Na sexta-feira (6/10), a moeda americana já havia atingido outro pico, quando passou a ser vendida a 870 pesos. A quebra de limites tem sido recorrente.

Hoje, o “blue” iniciou o dia valendo 890 pesos. No início da tarde, havia atingido os 905 pesos nas “cuevas”, como são chamadas as casas de câmbio ilegais, em Buenos Aires. 

A diferença de valor entre o paralelo e o oficial chegou agora a 157,07%. Ela superou o patamar registrado em 2022, quando o então ministro da Economia, Mart Guzmán, renunciou.

Nas últimas semanas, a moeda americana disparou sucessivas vezes, com a proximidade das eleições gerais no país, cujo primeiro turno está marcado para 22 de outubro. 

As pesquisas mais recentes de intenção de voto indicam que o representante da direita, Javier Milei, deve enfrentar no segundo turno, em 19 de novembro, o atual ministro da Economia e candidato governista, Sergio Massa. Não se descarta a possibilidade de Milei, que quer dolarizar a economia argentina, vencer o pleito no primeiro turno.

 

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNegócios

Você quer ficar por dentro das notícias de negócios e receber notificações em tempo real?

Notificações