*
 

Vídeo gravado por uma câmera de segurança flagrou o momento em que avião da empresa Saratov Airlines, com 65 passageiros e seis tripulantes, caiu em chamas matando todos a bordo.

O acidente ocorreu pouco tempo depois que o avião havia decolado do aeroporto Domodedovo, às 11h22, horário local, em direção à cidade de Orsk. Serviços de controle de tráfego aéreo do país teriam detectado uma descida rápida cinco minutos após a decolagem.

No momento do acidente, os termômetros marcavam 5°C negativos, e o Ministério dos Transportes da Rússia considera as condições climáticas como uma das causas do desastre que matou 71 pessoas neste domingo (11/2).

Em janeiro, o avião de modelo Antonov AN-148 passou por uma revisão completa de manutenção que é necessária a cada dois anos. Além disso, a aeronave também foi revisada antes do voo.

Cerca de mil pessoas e 191 veículos participam dos trabalhos de busca dos corpos das vítimas do acidente e dos destroços da aeronave.

“Por enquanto, foram encontrados mais de 200 fragmentos dos corpos dos falecidos”, disse à imprensa local Sergei Poletikin, chefe do Ministério de Situações de Emergências para a região de Moscou.

O acidente aéreo deste domingo é o mais grave ocorrido na Rússia desde 25 de dezembro de 2016, quando um Tupolev Tu-154 da força aérea russa caiu no mar Negro, causando a morte de seus 96 ocupantes. (Com agências internacionais)