Vaquinha on-line tenta ajudar filhos de brasileira assassinada nos EUA

Nathalia Paixão, de 35 anos, foi morta a facadas pelo marido, também brasileiro, em New Hampshire, no último dia 28 de julho

atualizado 12/08/2019 21:24

Reprodução/GoFundMe

Quinze dias depois do assassinato a facadas, nos Estados Unidos, de uma brasileira pelo marido (também brasileiro) no estacionamento do condomínio onde viviam, em Concord, estado de New Hampshire, a igreja que Nathalia Paixão, de 35 anos, frequentava, a El Skekinah, em Nashua (NH), tenta acelerar uma vaquinha on-line no site GoFundMe. A ideia da comunidade religiosa é arrecadar ao menos US$ 50 mil para ajudar os filhos (uma menina de 13 anos e um menino de 10), que não só ficaram sem os pais – viram o crime ser cometido, tentaram impedi-lo e estão em choque. Até a tarde desta segunda-feira (12/08/2019), haviam sido arrecadados US$ 14.936.

Nathalia ainda foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu em um hospital da cidade. O marido, Emerson Jaques Figueiredo, de 42 anos, está preso. Segundo a imprensa local, ele renunciou à audiência preliminar no juiz no Tribunal Superior do Condado de Merrimack na qual poderia tentar obter o direito de responder ao processo em liberdade. Pelo homicídio em segundo grau pelo qual está sendo acusado, poderá ser condenado à prisão perpétua.

 Como ajudar

Os interessados em ajudar a campanha da igreja, podem acessar o link www.gofundme.com/f/nathalias-funeral e fazer uma doação de qualquer valor.

Últimas notícias