Trump nega ter ameaçado demitir presidente do banco central americano

No entanto, o chefe do Executivo americano criticou o trabalho de Jerome Powell. "Eu não acho que ele fez um bom trabalho", afirmou

Reprodução/TwitterReprodução/Twitter

atualizado 23/06/2019 17:31

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, negou que tenha ameaçado destituir Jerome Powell, presidente do Federal Reserve (Fed), o banco central americano. No entanto, Trump acrescentou que teria poder para demiti-lo. “Eu nunca ameacei destituí-lo. Eu tenho o direito de fazer isso, mas eu não sugeri isso”, afirmou Trump, em entrevista exclusiva à emissora televisiva NBC News. A reportagem foi transmitida na manhã deste domingo (23/06/2019), no programa “Meet the Press”.

Na entrevista à NBC, Trump voltou a atacar a política de taxa juros adotada por Powell. “Obama tinha alguém que mantinha as taxas muito baixas”, disse Trump. “Eu tenho alguém que aumenta as taxas muito rapidamente. Ele cometeu um erro, isso foi provado”, acrescentou o presidente americano. Na semana passada, o Fed manteve os juros entre 2,25% e 2,5% ao ano, mas sinalizou que está preparado para começar a cortar as taxas para proteger a economia norte-americana.

Trump disse também que não acredita que a política do Fed pode colocar em risco sua reeleição. “Acho que a economia é tão forte que vamos superar isso. Mas eu não estou feliz com suas ações, eu não acho que ele fez um bom trabalho”, disse o presidente norte-americano.

Últimas notícias