Três pesquisadores vão dividir o Prêmio Nobel de Física 2021

Cientistas desenvolveram modelo físico do clima e fizeram descoberta sobre desordem e flutuação nos sistemas físicos

atualizado 05/10/2021 7:32

Reprodução/Twitter

Três pesquisadores ganharam o Prêmio Nobel de Física deste ano, segundo anunciou a Academia Real das Ciências da Suécia nesta terça-feira (5/10). São eles Syukuro Manabe, Klaus Hasselmann e Giorgio Parisi.

Manabe, da Universidade de Princeton, nos Estados Unidos, e Hasselmann, do Instituo Max Plank de Meteorologia, na Alemanha, levam metade do prêmio – 10 milhões de coroas suecas, cerca de R$ 6,1 milhões – por desenvolverem um modelo físico do clima, quantificando a variabilidade e prevendo o aquecimento global de forma confiável.

A outra metade do prêmio ficará com Parisi, da Universidade Sapienza de Roma, na Itália, pela descoberta sobre a interação da desordem e flutuações nos sistemas físicos de escalas atômicas e planetárias.

Nesta quarta-feira (6/10), a academia anuncia o prêmio de Química, na quinta-feira (7/10), o de Literatura e, na sexta-feira (8/10), o da Paz.

Últimas notícias