Tiroteio em escola na região central da Rússia deixa mortos e feridos

Pelo menos oito pessoas morreram no ataque a escola de Kazan, na manhã desta terça-feira (11/5)

atualizado 11/05/2021 10:23

tiroteio em escola na RússiaReprodução/Twitter

A região central da Rússia enfrenta o terror nesta terça-feira (11/5). Pelo menos oito pessoas — a informação inicial eram nove — foram assassinadas durante um tiroteio em uma escola de Kazan. Um dos agressores, de 19 anos, foi detido.

Entre as vítimas, estão alunos e um professor. Outras 20 pessoas ficaram feridas no ataque. Pelo menos quatro delas tiveram de ser levadas ao hospital.

Imagens postadas nas redes sociais mostram um jovem sendo imobilizado no chão do lado de fora do prédio da escola por um policial. Há ainda barulhos de explosões.

Kazan é a capital da região de maioria muçulmana do Tartaristão e está localizada a cerca de 725 km a leste de Moscou.

Terror em Santa Catarina

O Brasil também registrou um caso semelhante na última semana. Um homem de 18 anos invadiu uma escola infantil de Saudades, município localizado no Oeste de Santa Catarina e a 600km da capital Florianópolis, e matou três crianças com menos de 2 anos de idade, uma professora e uma agente educacional.

O agressor usou uma espécie de espada para atacar as vítimas durante a manhã do úlimo dia 4.

Fabiano Kiffer Mai atacou primeiro a professora Keli Adriane Aniecevski, 30, na entrada da escola e a agente educacional Mirla Renner, 20. Depois, seguiu para uma sala e feriu quatro crianças. Três delas morreram. O menino Henrique, 1 ano e oito meses, sobreviveu e teve alta do hospital no Dia das Mães.

 

0

Últimas notícias