Teatro usado como abrigo para civis na Ucrânia é bombardeado

Apesar da confirmação do bombardeio, no começo da tarde desta quarta-feira (16/3), a Ucrânia não informou o número de pessoas afetadas

atualizado 16/03/2022 14:24

Teatro em Mariupol, Ucrânia, usado como abrigo para civis foi bombardeado pela Rússia. Na foto, a estrutura do prédio destruída com muita fumaça - Metrópoles Reprodução/Twitter

Autoridades de segurança ucranianas acusam a Rússia de atacar um teatro em Mariupol que era usado como abrigo para civis. As informações são do conselho da cidade.

Apesar da confirmação do bombardeio, no começo da tarde desta quarta-feira (16/3), a Ucrânia não informou o número de pessoas que poderiam ter sido afetadas e não há registro de mortes. Inicialmente, “centenas” de civis estavam no local.

“Outro crime de guerra horrendo em Mariupol. Massivo ataque russo ao Teatro Drama, onde centenas de civis inocentes estavam escondidos. O edifício está agora totalmente em ruínas. Os russos não podiam saber que este era um abrigo civil. Salve Mariupol. Pare os criminosos de guerra russos”, condenou o ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba.

A Ucrânia vive o 21º dia de ataques. Kiev, capital e coração do poder, e Kharkiv, segunda maior cidade ucraniana, estão sob forte bombardeio. Civis foram alvejados pelas tropas russas.

Veja o antes e depois:

0

A madrugada na Ucrânia seguiu a tendência dos últimos dias: bombardeios massivos e civis na mira das tropas militares. Kiev, capital e coração da política, e cidades do sul ucraniano, que dão acesso ao Mar Negro, importante rota comercial, são as mais afetadas.

A Ucrânia divulgou mais dois ataques a áreas residenciais. Em Kiev, pelo terceiro dia seguido, um prédio civil foi atingido por bombardeios russos. Felizmente, o serviço de emergência ucraniano não registrou mortos. Entretanto, em Kharkiv, a segunda maior cidade, explosões fizeram duas vítimas.

Segundo as autoridades, duas construções residenciais se tornaram alvo no distrito de Nemyshlyansky, em Kharkiv. Com o desmoronamento delas, os bombeiros e socorristas precisaram fazer o resgate de quatro pessoas que ficaram embaixo dos escombros. Duas não resistiram.

Em Kiev, um prédio civil de 12 andares, no distrito de Shevchenkivskyi, foi alvo dos ataques russos. Às 6h16 (horário da Ucrânia), fragmentos de bombas acertaram o local. O último andar foi destruído, assim como uma construção de nove pavimentos ao lado.

Repercussão

Em mais uma investida contra a Rússia, a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) anunciou a criação de uma “aliança militar transatlântica” para mobilizar tropas em defesa da Ucrânia. O acordo ocorre após uma convocação extraordinária dos ministros da Defesa da entidade militar coordenada pelos Estados Unidos nesta quarta-feira (16/3).

O Tribunal Internacional de Justiça, em Haia, determinou que o presidente russo, Vladimir Putin, pare imediatamente os bombardeios contra a Ucrânia, iniciados em 24 de fevereiro. A decisão desta quarta-feira é preliminar. Os juízes entendem que ainda precisam de mais elementos para uma condenação final contra a Rússia, mas temem os prejuízos da guerra.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
Publicidade do parceiro Metrópoles 6
0

 

Mais lidas
Últimas notícias