*
 

Subiu para 62 o número de mortos na Guatemala, em decorrência da erupção do Vulcão de Fogo, que expeliu grandes colunas de fumaça e fragmentos em uma área rural do país. De acordo com as autoridades, há ainda um número não determinado de pessoas desaparecidas.

A movimentação vulcânica começou pouco antes do meio-dia (15h de Brasília) do domingo (3/6), a partir do lançamento de cinzas e rochas a 4,5 mil metros acima do nível do mar. As cidades próximas sofreram com a fumaça pesada e com o fluxo de pedras que desceram pelos flancos do vulcão, atingindo casas e estradas.

Segundo a Agência de Vulcanologia da Guatemala, a erupção diminuiu por volta das 22h (1h desta segunda-feira, em Brasília). De acordo com o porta-voz da agência, David de León, os primeiros corpos foram encontrados na comunidade San Miguel Los Lotes.

 

 

COMENTE

guatemalaAgência de Vulcanologia da GuatemalaVulcão de Fogo
comunicar erro à redação

Leia mais: Mundo