Reino Unido dispensa quarentena obrigatória a brasileiros vacinados

Nova regra de entrada no país deve ser anunciada na próxima quinta. Além do Brasil, outros 45 países terão entrada liberada para imunizados

atualizado 03/10/2021 14:58

Peter Macdiarmid/Getty Images

O Reino Unido irá flexibilizar ainda mais as regras de entrada no país. Na próxima quinta-feira, o primeiro-ministro Boris Johnson deve anunciar o fim da obrigatoriedade da quarentena obrigatória a pessoas vacinadas que chegam no país. A informação foi publicada no jornal The Sunday Telegraph, no último sábado (2/10).

A nova regra valerá a partir do fim de outubro. Pela nova determinação, turistas brasileiros e de outros 45 países vacinados contra a Covid-19 não precisarão adotar a quarentena obrigatória. Quem entrar no Reino Unido também não terá de fazer o RT-PCR, teste rápido exigido para acesso ao país. Os turistas poderão optar por testagens mais baratas.

O aguardado anúncio do primeiro-ministro muda as regras atuais que preveem a obrigatoriedade de isolamento por 10 dias em hotéis britânicos a quem chega ao Reino Unido. Os valores do ‘pacote’ chegam a 2.285 libras (cerca de R$ 17 mil) por adulto.

Atualmente, caso uma pessoa tenha passado por um dos 54 países da “lista vermelha” nos últimos 10 dias antes de sua chegada ao Reino Unido só pode entrar no território se for uma cidadã britânica ou irlandesa, ou se tiver direito de residência no país.

O governo britânico espera que as liberações possam reaquecer a economia do país e aumentem as vendas de passagens aéreas.

Últimas notícias