Protestantes no Líbano cantam Baby Shark para acalmar criança

"Robin verá o vídeo quando crescer e saberá que os libaneses estavam lutando por ele", disse a mãe

atualizado 22/10/2019 9:37

Reprodução/ Facebook

Um toque de solidariedade em meio a manifestações contra o governo do Líbano e suas reformas econômicas viralizou. Diante dos maiores protestos no país desde a revolução dos Cedros, em 2005, uma cena mostrou toda a humanidade da população que luta por mudanças no país.

Uma mulher identificada como Eliane Jabbour passava de carro pelo distrito de Baabda e o barulho dos manifestantes assustou seu filho Robin, de 1 ano e 3 meses, que estava no banco ao lado dela. O que, então, eles fizeram? Começaram, em uníssono, a cantar a música Baby Shark.

“Eu disse a eles: ‘Eu tenho um bebê, não façam tanto barulho”, disse ela a CNN. A cantoria fez com que Robin parasse de chorar e um momento de tensão acabou se tornando algo para lembrar em família.

Centenas de milhares de pessoas estão nas ruas do Líbano protestando contra novos impostos de um governo centralizado em elites políticas e empresariais, além de uma economia paralisada, que impede os cidadãos de ter acesso a serviços básicos, de acordo com a CNN.

A pressão fez com que, nessa segunda-feira (21/10/2019), o governo abandonasse as medidas, cortasse salários de funcionários e aprovassem um orçamento para o ano que vem que pode permitir bilhões de dólares em doações internacionais.

“As crianças no Líbano devem ter um futuro melhor”, disse Jabbour. “Robin verá o vídeo quando crescer e saberá que os libaneses estavam lutando por ele”, completou.

Assista ao vídeo de Baby Shark:

Últimas notícias