Presidente da Argentina, Alberto Fernández, testa positivo para Covid

O mandatário fez o teste rápido após ter sintomas e agora espera o resultado de um PCR para confirmar a doença

atualizado 03/04/2021 9:30

Presidente da Argentina, Alberto FernándezReprodução/Twitter

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, informou na madrugada deste sábado (3/4) que teve resultado positivo para Covid-19 em um teste rápido feito logo após sentir febre e uma leve dor de cabeça.

O mandatário espera o resultado de um PCR para confirmar a doença. No Twitter, ele disse que está fisicamente bem e agradeceu as felicitações pelo aniversário de 62 anos, que ocorreu na sexta-feira (2/4).

Fernández foi o primeiro presidente na América Latina a ser vacinado contra a infecção por coronavírus. Em 21 de janeiro, ele recebeu a primeira dose do imunizante Sputnik V, produzido pelo laboratório russo Gamaleya.

Eficácia da vacina

A Sputnik V tem 91,6% de eficácia contra casos sintomáticos da doença. O que significa que há um percentual baixo de pessoas que, mesmo imunizadas, podem contrair o vírus e apresentar sintomas.

No entanto, a vacina apresenta 100% de eficácia para casos graves e mortes. Ou seja, uma pessoa vacinada pode testar positivo, mas estará protegida contra uma evolução da doença que possa levar a óbito.

0

 

Últimas notícias