*
 

A chanceler alemão, Angela Merkel, afirmou nesta segunda-feira (19/9) estar desapontada com a derrota de seu partido nas eleições do Estado de Berlim no final de semana, mas que não pretende mudar suas políticas sobre imigração.

Segundo Merkel, apesar da alta do sentimento anti imigração no país, concretizado no aumento dos votos para o partido Alternativa para a Alemanha (AfD), seria contra a suas convicções e de sua legenda, a União Democrática Cristã, bloquear o acesso ao país pelos refugiados, muçulmanos ou não.

Não obstante, ela disse que trabalha para evitar que um novo influxo de larga escala ocorra como no ano passado. “Ninguém quer que isso se repita”, afirmou. “Nós aprendemos com a história”.

 

 

COMENTE

AlemanhaRefugiadosangela merkelimigrantesCrise migratória
comunicar erro à redação

Leia mais: Política