Irã assume ataque com mísseis a base dos EUA no Iraque

Segundo a rede do Catar Al-Jazeera, a TV estatal iraniana atribuiu à Guarda Revolucionária do país o disparo de "dezenas" de foguetes

Cpl. Jered T. Stone/Marine Corps

atualizado 07/01/2020 21:41

Autoridades do exército norte-americano afirmaram que a base de Ain Al-Asad, no Iraque, onde ficam forças dos Estados Unidos, foi atingida por pelo menos 10 foguetes já na madrugada de quarta-feira, no horário do Iraque (08/01/2020).

Pelo Twitter, a correspondente da Fox News Jennifer Griffin disse que “há mísseis por todo o país” – outros veículos também confirmam que haveria mais de um alvo no Iraque.

Segundo a Al-Jazeera, o ataque com mísseis foi assumido pela Guarda Revolucionária do Irã, em anúncio na TV estatal do país.

A TV oficial iraniana afirmou que “corajosos combatentes da marinha da Guarda Republicana lançaram uma operação bem-sucedida chamada Mártir Suleimani para disparar dezenas de mísseis terra-terra na base das terroristas e invasoras forças armadas norte-americanas”.

(Aguarde mais informações)

Últimas notícias