Pastor culpa “demônios” por invadir quarto e tentar estuprar garota

Em depoimento, a vítima disse que acordou com o autor do crime em cima dela, mas que lutou e conseguiu fugir

atualizado 26/09/2019 13:50

O pastor Octavio Cantarero, 42 anos, de Gaithersburg, Maryland, Estados Unidos, foi preso, nessa quarta-feira (25/09/2019), acusado de tentar estuprar uma menina enquanto ela dormia. Segundo a polícia, o religioso disse que foram “demônios internos” que fizeram ele praticar o crime.

Ainda de acordo com as autoridades, Octavio é pastor na Igreja Pentecostal Príncipe da Paz e invadiu o quarto da garota, que vivia no templo religioso. Em depoimento, a vítima disse que acordou com o autor do crime em cima dela, mas que lutou e conseguiu fugir.

O religioso ainda tentou fazer com que a menina não prestasse queixa e deu alguns presentes para ela, além de prometer que iria matriculá-la em uma escola. O caso aconteceu em maio, mas Octavio só foi preso agora.

Segundo a emissora NBC, a menina foi encontrada pelo pastor na rua, em janeiro, e ele disse que ela era “muito nova para viver sozinha”. Dessa forma, deu abrigo em um quarto do templo para a jovem. No depoimento, ela disse que os primeiros meses foram tranquilos, mas, depois, ocorreu a tentativa de estupro.

Octavio foi preso acusado de abuso sexual e tentativa de estupro contra menor. A polícia pede ainda que possíveis outras vítimas entrem em contato.

Últimas notícias