Passa de 100 o número de mortos em explosões no aeroporto de Cabul

Além disso, mais de 150 pessoas ficaram feridas após as duas explosões no aeroporto. Entre os mortos, há 13 soldados norte-americanos

atualizado 27/08/2021 8:10

Explosão em CabulReprodução/Redes Sociais

Passa de 100 o número de mortos no atentado realizado pelo Estado Islâmico no Aeroporto de Cabul, no Afeganistão, na tarde de quinta-feira (26/8).

A rede internacional de televisão CNN aponta para 90 afegãos mortos, além de 13 soldados norte-americanos. As duas explosões no aeroporto também deixaram mais de 150 pessoas feridas.

Segundo a agência Reuters, a informação de que a autoria dos atentados seria do Estado Islâmico foi revelada pelo próprio grupo em mensagens do aplicativo Telegram.

A agência de notícias Amaq ​News, ligada ao grupo, também reconheceu a autoria do ataque.

Um homem-bomba teria burlado controles de segurança e se aproximado de tradutores e pessoas que colaboravam com os americanos. Ao todo, 10 mil indivíduos se aglomeram na região do aeroporto na tentativa de sair do país.

O incidente ocorre em meio aos esforços de nações ocidentais para a retirada de civis e militares do país, retomado por forças do grupo extremista Talibã.

0
Tensão nos EUA

As explosões ocorreram depois de a Casa Branca e seus aliados alertarem sobre riscos iminentes de atos terroristas por parte da filial afegã do Estado Islâmico. Os ataques aumentaram a tensão no país.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, fez, no início da noite desta quinta-feira, um pronunciamento sobre o caso e prometeu uma caçada aos terroristas. O mandatário do país norte-americano manteve a data final para a retirada das tropas americanas no dia 31 de agosto.

Mais lidas
Últimas notícias