ONU: mais de 500 mil pessoas deixaram Ucrânia desde início de ataques

Entre os países de destino dos que conseguiram fugir da Ucrânia estão Polônia, Moldávia, Hungria, Romênia e Eslováquia

atualizado 28/02/2022 13:06

Com cinco dias seguidos de ataques por parte da Rússia, o chefe da agência de refugiados da ONU, Filippo Grandi, apontou que mais de 500 mil pessoas saíram da Ucrânia. Segundo dados de 2020, a composição demográfica do país atinge os 44,1 milhões de pessoas.

“Mais de 500.000 refugiados já fugiram da Ucrânia para países vizinhos”, disse o chefe o alto-comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), em uma publicação no Twitter.

Polônia, Moldávia, Hungria, Romênia e Eslováquia estão entre os destinos das pessoas que conseguiram sair da Ucrânia, porque são países que fazem fronteira com a Ucrânia.

A maioria dos refugiados, segundo a imprensa internacional, são mulheres, crianças e idosos, já que o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, determinou que homens 18 a 60 anos lutassem contra os soldados russos.

Segundo informações da Acnur, pelo menos 45, 2 mil refugiados haviam chegado à Polônia até este domingo (28/2).

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
Publicidade do parceiro Metrópoles 6
0

Mais lidas
Últimas notícias