Nobel da Economia vai para William Nordhaus e Paul Romer

Prêmio destaca trabalhos que integram mudanças climáticas e inovação tecnológica

atualizado 08/10/2018 7:33

Divulgação

Os vencedores do Nobel de Economia de 2018 são William Nordhaus e Paul Romer. Nordhaus, um dos acadêmicos mais respeitados na área de economia ligada ao meio ambiente, se destaca pelo trabalho aos danos causados pelas mudanças climáticas. Já Romer, que foi economista-chefe do Banco Mundial, foi reconhecido pelo prêmio por seu trabalho sobre a inovação tecnológica.

Os americanos levaram o prêmio por terem integrado tais temas em análises macroeconômicas. O anúncio foi feito pela Academia Real de Ciências da Suécia nesta segunda-feira (8/10).

William Nordhaus e Paul Romer projetaram métodos que abordam questões fundamentais, como o crescimento sustentável a longo prazo na economia global e o bem-estar da população mundial, segundo o comitê do Prêmio Nobel.

Os modelos ajudaram no desenvolvimento do crescimento econômico e no combate às mudanças climáticas. No ano passado, o premiado foi Richard Thaler, cujos estudos ajudam a perceber como o comportamento humano muitas vezes se desvia dos modelos teóricos.

Últimas notícias