*
 

Um caso inusitado fez com que uma paciente tivesse graves queimaduras no corpo todo. Segundo os médicos do Tokyo Medical University Hospital, em Tóquio, Japão, uma mulher de 30 anos passava por uma cirurgia que envolvia a aplicação de laser no cérvix, a porção inferior e estreita do útero.

Em determinado momento, a mulher soltou um pum, que entrou em contato com o laser, o que provocou um explosão no local, queimando as pernas e a região da cintura da paciente. A informação foi confirmada pelo hospital.

“Quando os gases da paciente vazaram no espaço da sala de operação, eles entraram em contato com laser e houve a explosão, causando fogo no local”, disse o comunicado à imprensa liberado pelo hospital. A mulher continua internada e deve se recuperar para a conclusão do processo cirúrgico.

 

 

COMENTE

Japãopumcirurgia
comunicar erro à redação