Mulher que “deu à luz 10 bebês” é presa por “inventar” história

Os rumores de que a notícia era falsa aumentaram depois do suposto pais declarar que não acreditava na existência das crianças

atualizado 21/06/2021 19:08

Gosiame Sithole, mulher de 37 anos do sul da África, que teria dado à luz 10 bebês, foi internada na ala psiquiátrica de um hospital público por “inventar” a história.

Na madrugada de quinta-feira (17/6), a polícia prendeu a mulher na casa de um parente perto da cidade de Johanesburgo, na África do Sul. A apreensão foi noticiada pelo jornal Sun nesta segunda (21/6).

Tebogo Tsotei, suposto pai das crianças, disse “não acreditar que os dez filhos existam”, o que acarretou no aumento dos rumores de que a notícia era falsa. O homem explicou que a dúvida surgiu por não ter acesso aos bebês após diversas tentativas de vê-los.

Segundo o jornal Extra, o Hospital Mediclinic Medforum, em Pretori, afirmou não ter atendido Gosiame, apesar de ela relatar que teria feito o parto no local.

A porta-voz do centro médico, Tertia Kruger, confirmou “que nenhuma de nossas instalações estava envolvida no cuidado obstétrico desta paciente”.

De acordo com investigação do Departamento Nacional de Saúde da África do Sul, não há indícios de que os bebês existam.

Um veículo de comunicação local defendeu que existem indícios de que os nascimentos realmente aconteceram, mas foram acobertados para esconder negligência médica. Entretanto, não possui qualquer informação sobre o paradeiro das crianças.

Apesar de não ter cometido nenhum crime, a polícia encaminhou a mulher à equipe do Departamento de Desenvolvimento Social de Gauteng, que a levou a um hospital psiquiátrico.

A advogada de Gosiame, Refiloe Mokoena, informou que a cliente está detida contra a vontade e que será solicitada uma ordem judicial para garantir a liberação.

Últimas notícias