México: mãe salva filha de ataque ao esconder a criança no carro

Faith foi encontrada dentro de um veículo atingido por vários tiros. Ela estava presa à cadeirinha, embaixo do banco

Reprodução/ Redes SociaisReprodução/ Redes Sociais

atualizado 05/11/2019 15:14

Um bebê de 7 meses foi um dos sobreviventes de um ataque que terminou com a morte de pelo menos nove americanos no México, nessa segunda-feira (04/11/2019). Faith foi encontrada dentro do carro atingido por vários tiros. Ela estava presa à cadeirinha que a mãe, Christina Langford Johnson, 32 anos, colou às pressas embaixo do banco do veículo. As informações são do jornal Extra.

A tragédia terminou com a morte de três mulheres e seis crianças da família conhecida como “LeBarón”. Amiga das vítimas, Kendra Lee Miller contou que Christina chegou a sair do carro para avisar que havia apenas mulheres e crianças no veículo, mas a atitude foi em vão.

A polícia investiga o que pode ter motivado o ataque à família que vivia na comunidade mórmon La Mora, no estado mexicano de Sonora, e trabalha com a possibilidade do crime ser uma retaliação ao ativismo da família contra grupos criminosos da região. Outra possibilidade é que o carro tenha sido confundido com um comboio de uma organização criminosa rival.

Julian LeBarón, primo das três mulheres assassinadas, disse que a família viajava entre os estados de Sonora e Chihuahua. Os outros dois carros foram atacados a cerca de 13 quilômetros de distância. Além de Christina, que salvou a filha, também morreram Dawna Ray Langford, 43, e dois filhos dos nove que estavam com ela na viagem.

Últimas notícias