*
 

No Facebook, o mergulhador finlandês Mikko Paasi divulgou imagens feitas durante a operação de resgate dos 12 garotos e do treinador deles na caverna Tham Luang, na Tailândia, que terminou nessa terça-feira (10/7).

“Aqueles que dizem que isso não pode ser feito, não devem interromper as pessoas fazendo isso. As crianças saíram sãs e salvas!”, celebrou Paasi, que se voluntariou a ajudar. A foto já teve mais de 13 mil compartilhamentos.

Os 12 adolescentes e o treinador de futebol perderam em média 2 kg durante os 17 dias que permaneceram presos na gruta. Apesar disso, a vida deles não está em risco, segundo informações de médicos divulgadas nesta quarta-feira (11/7).

Alguns dos jovens têm quadro leve de pneumonia, mas nenhum apresenta problemas graves de saúde, apontou em entrevista coletiva um dos médicos encarregados da avaliação do estado de saúde do grupo, internado no hospital da Província de Chiang Rai.

As etapas da operação de salvamento foram concluídas na terça (10) com o resgate de quatro meninos e o treinador. Oito jovens já haviam sido salvos em fases anteriores.

Os últimos cinco resgatados chegaram durante a noite ao centro médico com sintomas de hipotermia em razão das duras condições a que ficaram submetidos ao passarem 17 dias na caverna e da baixa temperatura das águas que tiveram de atravessar com a ajuda de dois mergulhadores.

“Nenhum deles sofre de doenças infecciosas”, afirmou um dos médicos.

Com informações da Agência Estado.