Turistas relatam pânico com vulcão em erupção na Nova Zelândia

Nas redes sociais, turistas comentaram o cenário devastador depois que o vulcão Whakaari entrou em erupção. Ao menos cinco pessoas morreram

atualizado 09/12/2019 13:48

Reprodução/Twitter

Vídeos postados nas redes sociais mostraram os momentos de tensão vividos por turistas que deixavam a Ilha Branca, onde o vulcão Whakaari entrou em erupção, deixando ao menos cinco mortos e 18 feridos. Uma das imagens que circula a internet foi gravada por um casal de turistas brasileiros, que haviam deixado o local alguns minutos antes do fenômeno.

Aline e Allessandro Kauffmann vivem na Austrália e estavam viajando a passeio pela Nova Zelândia. Em Stories no Instagram, eles mostraram as pessoas em pânico, enquanto o piloto da embarcação tentava se aproximar da área para ajudar as vítimas de outro barco que havia ficado para trás.

0

“Coisa mais louca da nossa vida acaba de acontecer. A gente passeou o vulcão uma hora e pouco. Dez minutos depois que a gente deixou [o local], entrou no barco, o vulcão entrou em erupção. O barco voltou, deu a volta na ilha, para tentar ajudar as pessoas que estão aqui. Não sei todo mundo conseguiu sobreviver. A gente vai ver o que aconteceu aqui. A gente só espera que ninguém esteja machucado nem nada. Graças a Deus a gente está bem”, contou Aline Kauffmann, ao lado do marido Allessandro.

Momentos depois, Allessandro fez um relato no perfil dele no Instagram sobre toda a situação. “Infelizmente teve pessoas que saíram com o corpo queimado. Teve dois tours, um deles era o nosso, e a gente conseguiu sair cinco minutos antes de o vulcão entrar em erupção. No tour que chegou depois, infelizmente eles não conseguiram sair a tempo e teve pessoas que sofreram queimaduras pelo corpo e tiveram que ficar lá”, relatou o jovem emocionado.

“O barco deles estava todo coberto de cinzas do vulcão e é inexplicável o que aconteceu. A gente agora está esperando notícias”, comentou Kauffmann, ao dizer que todos os turistas do barco em que o casal estava aguardavam em um hotel.

Imagens dramáticas

Outro turista, Michael Schade, postou imagens e imagens dramáticas do momento em que o vulcão entrou em erupção. “Meu deus, o vulcão White Island na Nova Zelândia entrou em erupção hoje pela primeira vez desde 2001”, relatou no Twitter.

Schade conta que a família dele havia saído 20 minutos antes e estavam esperando no barco quando viram a fumaça subindo. “A viagem de barco para casa, cuidando das pessoas que resgatamos, foi indescritível. Meus pensamentos estão com as famílias daqueles que não foram resgatados, pelas pessoas que estão se recuperando agora, e especialmente com as equipes de resgate”, lamentou.

As câmeras que fornecem imagens ao vivo do vulcão mostraram mais de meia dúzia de pessoas andando dentro e às margens do vulcão às 14h10, antes de as imagens escurecerem, quando a erupção ocorreu.

Ao menos cinco pessoas morreram e cerca de 18 ficaram feridas após o Whakaari entrar em erupção na Nova Zelândia, na segunda-feira (09/12/2019) às 14h11, pela hora local (22h11 de domingo em Brasília).

A área atingida é uma região turística na costa Leste do país. A fumaça da erupção atingiu 12 mil metros no ar.

Havia cerca de 100 pessoas na ilha no momento da erupção, de acordo com a primeira-ministra Jacinda Ardern, informou o New Zealand Herald. A polícia havia dito anteriormente que cerca de 50 pessoas estavam na ilha.

Doze pessoas morreram na ilha em 1914, quando era realizada extração de enxofre da região. Parte do muro de uma cratera desabou e um deslizamento de terra destruiu a vila dos mineiros e a própria mina.

Os restos de edifícios de outra empresa de mineração na década de 1920 são uma atração turística na ilha, que se tornou uma reserva cênica privada em 1953. Passeios diários são realizados com frequência por lá. Cerca de 1o mil pessoas visitam o vulcão todos os anos.

Últimas notícias