Após selfie com gorilas viralizar, parque ganha milhares em doações

Localizado na República Democrática do Congo, o Virunga conseguiu arrecadar mais de US$ 50 mil (cerca de R$ 196 mil reais)

REPRODUÇÃO/ FACEBOOKREPRODUÇÃO/ FACEBOOK

atualizado 26/04/2019 19:16

Era para ser só mais uma foto. Porém, a posição “curiosa” das modelos gorilas Ndakazi e Ndeze fez com que a imagem viralizasse. O Parque Nacional Virunga, na República Democrática do Congo, viu uma bela oportunidade: pelo Twitter, eles pediram uma doação para o Dia da Terra, comemorado na última segunda-feira (22/04/2019). Resultado: horas depois, foram arrecadados mais de US$ 50 mil (cerca de R$ 196 mil reais).

“Nós conseguimos! O dinheiro arrecadado irá ajudar o Virunga a proteger algumas das mais raras e vulneráveis espécies do planeta, assim como as comunidades locais que dependem do parque para sua sobrevivência”, diz a mensagem.

Patrick Sadiki foi o responsável pela imagem com a legenda “Another Day at the Office” (outro dia no escritório). As “meninas” vivem no Parque Nacional de Virunga, que faz fronteira com o Parque Nacional dos Vulcões, área protegida mais antiga da África.

Fundado em 1925 para defender sua rica biodiversidade, o parque possui a presença dos últimos 880 gorilas-das-montanhas. Em 1979, foi classificado como Patrimônio Mundial pela Unesco.

Nem tudo é como parece…
A BBC News foi atrás da história das gorilas e descobriu relatos comoventes. De acordo com o diretor do parque, Innocent Mburanumwe, os animais aprenderam a imitar os protetores, que foram responsáveis pelo cuidado com a dupla desde o resgate.

Mburanumwe ainda contou que as gorilas encaram os dois guardas florestais como seus pais. Segundo o diretor do parque, as mães dos animais foram mortas em julho de 2007. Um dos filhotes tinha dois meses e o outro, quatro. Após a tragédia, eles foram encontrados e levados para Virunga.

Os gorilas teriam convivido durante toda a infância com os guardas que os resgataram e passaram a “imitar os humanos”– ficando de pé, sobre as duas pernas, afirmou Mburanumwe. “Mas isso não é comum. Eu fiquei muito surpreso quando vi. É engraçado e curioso ver um gorila imitando um ser humano, ficando de pé assim”, disse.

Últimas notícias