Mais de 500 milhões de animais morrem em incêndios na Austrália

Cerca de 5 milhões de hectares de terras já foram destruídos pelas chamas, que mataram 17 pessoas e deixaram 1,4 mil desabrigados

atualizado 02/01/2020 16:28

Andrew Merry/Getty Images

Os incêndios florestais que ocorrem na Austrália desde setembro já mataram mais de 500 milhões de animais, segundo a Universidade de Sydney. Cerca de 5 milhões de hectares de terras já foram destruídos pelas chamas, que mataram 17 pessoas e deixaram 1,4 mil desabrigados. Além disso, 18 indivíduos seguem desaparecidos.

Segundo o Daily Mail Australia, várias cidades já estão sem combustível e água. Além disso, em cerca de 25 localidades, não há mais como se comunicar por telefone ou internet.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, há mais de 110 focos de incêndio espalhados, principalmente, pelos estados de Nova Gales do Sul e Victoria. Cerca de 50 deles ainda não estão controlados.

O primeiro-ministro da Austrália, Scott Morrison, visitou as principais áreas atingidas e foi recebido com hostilidade pelos moradores, que pediram a saída dele do governo.

Em resposta aos ataques, Scott disse, à rede de televisão ABC, que entende a insatisfação popular. “Eles perderam tudo e ainda têm que enfrentar dias perigosos pela frente. Meu trabalho é garantir que estamos fazendo tudo para que passem por isso com o apoio do Estado”, afirmou.

Últimas notícias