Igreja investiga caso de freiras que voltaram grávidas de missão

Uma das religiosas é madre superiora. As duas participavam de uma missão na África, e agora estão sendo pressionadas a abandonar o hábito

Pixabay

atualizado 05/11/2019 19:03

A Igreja Católica abriu uma investigação após duas freiras da Sicília, na Itália, descobrirem que estavam grávidas ao voltarem de uma missão na África. Umas das religiosas descobriu a gravidez quando foi ao hospital sentindo dores abdominais. De acordo com informações de O Dia, uma delas é a madre superior.

As freiras foram enviadas a Palermo, onde devem dar à luz as crianças. As mulheres também estão enfrentando pressão da Igreja para abandonar a vida religiosa, porque o incidente foi considerado um escândalo sem precedentes.

Uma das mulheres era de Madagascar e visitou o país durante a missão, onde teriam ocorrido os encontros sexuais.

Últimas notícias