Idoso testa positivo para a Covid 43 vezes em 10 meses

Britânico de 72 anos chegou a se despedir da família e planejar velório. Ele contraiu a doença em março de 2020

atualizado 05/07/2021 9:46

Medakit Ltd/Unsplash

Um homem de 72 anos ficou ao menos 290 dias contaminado pela Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

O músico e instrutor de autoescola Dave Smith, de Bristol, na Inglaterra, contraiu a doença em março do ano passado e, por quase 10 meses, testou positivo para a Covid. No total, foram 43 testes positivos.

“Todos os testes davam positivo. Uma semana depois, positivo. Rezava para que o próximo fosse negativo, mas nunca era”, disse o britânico, em entrevista à BBC News.

Durante o período, Smith perdeu 63 kg. Ele conta que uma vez tossiu ininterruptamente por cinco horas. “Consegue imaginar o cansaço que isso causa ao seu corpo?”, questionou.

A família chegou a acreditar que o músico não iria resistir à doença. O idoso até escolheu as músicas para tocar no velório. “Fiquei resignado. Liguei para minha família, fiz as pazes com todos e me despedi”, afirmou.

Após ser curado, Smith acredita ter recebido um milagre. “É como se tivessem me dado minha vida de novo”, disse.

Mais lidas
Últimas notícias