Homem processa Twitch por se masturbar muitas vezes ao ver jovens sensuais

O homem pede a bagatela de R$ 115 milhões por conta dos danos que a plataforma lhe tem causado

atualizado 26/06/2020 18:31

TwitchUnsplash

Um homem, que se autoproclama viciado em sexo, está processando a plataforma Twitch, que transmite partidas de jogos online, porque ele acredita que há muitas “jovens sensuais” e sempre se masturba quando as vê, o que causa ferimentos no pênis. No site, Erik Estavillo, de São Francisco, Estados Unidos, segue 786 gamers mulheres e nenhum homem.

Segundo o processo, a quantidade de mulheres que ele segue aumenta a cada dia, pois ele não consegue controlar o vício. O homem pede a bagatela de R$ 115 milhões por conta dos danos que a plataforma lhe tem causado.

“Twitch exacerbou extremamente a condição de mostrar tantas mulheres sugestivamente sexuais por meio das transmissões, o que faz com que o usuário não consiga usar o Twitch sem ser exposto ao tal conteúdo sexual”, diz a ação.

Um porta-voz do Twicth disse que essa ação é frívola e que “não há absolutamente nenhum mérito” nela. Segundo o site australiano Kotaku, essa não é primeira vez que Erik processa uma plataforma. Ele já tem ações na Justiça contra a Nintendo, a Microsoft e a Sony.

Últimas notícias