*
 

A família de Natasja Nel, 27 anos, de Pretória, África do Sul, achou estranho que ela não atendeu aos telefonemas durante três dias. Decidiram, então, ir até a casa dela para ver se tinha acontecido alguma coisa. Quem recebeu os pais dela foi a neta, de apenas 3 anos, que disse que “mamãe está dormindo e não quer acordar”.

Ao entrarem no quarto, os pais viram a filha morta e já em estado de decomposição. A família disse que ela sofreu um ataque epilético em casa e morreu. “A pele dela estava preta, um sinal que o corpo começou a se decompor”, disseram os pais ao The Mirror. A criança estava com medo e foi levada com os avós; “Ela não entendeu o que ocorreu”, disse.

A polícia foi chamada e o corpo levado para o Instituto Médico Legal. As causas oficiais da morte ainda não foram divulgadas.

 

 

COMENTE

cadáver
comunicar erro à redação

Leia mais: Mundo