Galo que era explorado em rinha mata o próprio dono na Índia

O animal estava sendo preparado para entrar na luta, quando tentou escapar e acabou golpeando o dono. Ele morreu a caminho do hospital

atualizado 28/02/2021 13:23

Um galo que era explorado em um rinha em Lothunur, no estado de Telangana, na Índia, matou o próprio dono com uma faca que tinha presa ao corpo. O homem agarrou a ave, quando ela tentava fugir antes de ser colocada na rinha. Nesse momento, a lâmina de 7 cm o atingiu a virilha.

O rapaz foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

Segundo a autoridade policial indiana, pelo menos outras 15 pessoas estavam envolvidas na atividade, que se forem encontradas responderão por homicídio culposo e por organizar rinhas ilegais e apostas irregulares. Na Índia, a atividade é ilegal desde 1960, mas segue como tradição em áreas rurais, e no festival hindu de Sankranti.

Depois da morte do homem, o galo foi conduzido para a delegacia e mantido no local antes de ser transferido para uma fazenda. Quando o caso tiver andamento na Justiça da Índia, o animal será levado ao tribunal como evidência, de acordo com o policial B Jeevan ao jornal The New Indian Express.

Últimas notícias