Freira se declara culpada por desviar R$ 4,2 mi de escola para apostar

Mary Margareth Kreuper, de 79 anos, poderá receber uma pena de até 40 anos por desviar dinheiro desde que se tornou diretora do colégio

atualizado 10/06/2021 10:10

Mary Margareth Kreuper, de 79 anos, poderá receber uma pena de até 40 anosReprodução

A freira Mary Margaret Kreuper (foto em destaque), de 79 anos, se declarou culpada por desviar US$ 835 mil, o equivalente a cerca de R$ 4,2 milhões, para sustentar seu vício em apostas e cassinos. A freira norte-americana, que se aposentou das funções religiosas em 2018, retirava o dinheiro da escola católica da qual foi diretora por 28 anos.

O esquema da freira só foi descoberto após a aposentadoria da religiosa, quando uma nova diretora assumiu o cargo, segundo Washington Post. Em 1990, quando começou a trabalhar no local, Kreuper deu início a um esquema em que desviava parte do dinheiro de mensalidades e doações feita para a escola, além das economias que eram destinadas a manter as freiras que trabalhavam na instituição.

Kreuper admitiu que encobria os rastros com relatórios financeiros falsos. Ela também instruiu funcionários da escola a “alterar e destruir registros financeiros”.

A defesa da freira diz que a cliente está “bastante arrependida” e que ela dedicou 59 anos anos de sua vida a ajudar e educar crianças.

“Infelizmente, mais tarde em sua vida, ela passou a sofrer de um transtorno mental que atrapalhou seu julgamento e a levou a fazer algo que nunca faria”, dizem os advogados.

A defesa ainda pede que a pena seja aliviada pela sua cooperação com a investigação.

“Assim que foi confrontada, ela aceitou total responsabilidade e está cooperando completamente com as autoridades e com a arquidiocese”, afirmam os advogados. Pelo esquema, ela poderá ser condenada a até 40 anos de prisão.

Mais lidas
Últimas notícias