Estudante gaúcho de intercâmbio é achado morto na China

Leonardo Cláudio da Rosa estudava Letras em Pequim. Colegas citam "crime", diz Ufrgs, mas não há confirmação sobre circunstâncias da morte

Divulgação/UFRGSDivulgação/UFRGS

atualizado 15/07/2019 23:20

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) e o Ministério das Relações Exteriores confirmaram nesta segunda-feira (15/07/2019) que o estudante Leonardo Cláudio da Rosa foi encontrado morto em Pequim, capital da China – mas nem a data da morte nem a causa foram informadas tanto pela universidade quanto pelo Itamaraty.

Rosa cursava Letras na universidade gaúcha desde 2015. Ele havia partido para o intercâmbio na China no segundo semestre do ano passado. A previsão de retorno era o meio de 2019.

A Ufrgs alegou que não poderia fornecer mais informações porque teria sido avisada sobre a morte do aluno apenas no fim da tarde desta segunda-feira.

A direção do Instituto de Letras publicou uma nota em sua página do Facebook confirmando a morte e citando “relatos de colegas de intercâmbio de Leonardo” apontando para a ocorrência de crime. A instituição, no entanto, diz que no momento apenas busca mais informações. O Itamaraty informou que foi avisado pela embaixada brasileira na China, mas que também não teve acesso a informações adicionais.

A universidade acompanha a situação junto ao Ministério das Relações Exteriores e à embaixada na China.

Leia a nota do Instituto de Letras da Ufrgs Campus do Vale:

Últimas notícias