*
 

A Justiça do Equador acatou um pedido da Procuradoria Geral da República e emitiu ordem de prisão preventiva contra o ex-presidente Rafael Correa, que atualmente vive na Bélgica.

O pedido de captura internacional e extradição está relacionado ao caso de sequestro do opositor Fernando Balda, na Colômbia, em 2012. Correa tem afirmado não saber por qual motivo foi relacionado à investigação do caso.

A Procuradoria argumentou que Correa descumpriu ordem de comparecer a um tribunal equatoriano a cada 15 dias, contados a partir do dia 2 de julho. Correa se apresentou ontem no consulado do Equador na Bélgica, descumprindo a determinação da Justiça.