Domingo de Ramos: papa pede que se leve coronavírus “a sério”

Na Basílica Vaticana, que está praticamente vazia, o líder religioso celebrou missa para lembrar a data

Papa FranciscoDivulgação/Vaticano News

atualizado 05/04/2020 11:48

Em meio à pandemia do novo coronavírus, o papa Francisco presidiu a celebração eucarística neste Domingo de Ramos (05/04). Na ocasião, o líder religioso pediu aos fiéis que “sirvam ao próximo” para acabar com o “drama” da epidemia.

“O drama que estamos atravessando impele-nos a levar a sério o que é sério, a não nos perdermos em coisas de pouco valor; a redescobrir que a vida não serve, se não se serve”, ministrou o papa.

A missa foi celebrada na Basílica Vaticana. Com o pontífice, estavam Guido Marini, mestre de cerimônias litúrgicas, poucos diáconos, um único cardeal, alguns leigos e religiosos. O coral também foi reduzido.

Na homilia, o convite do papa foi para se deixar guiar pela palavra de Deus na Semana Santa.

“Deus salvou-nos, servindo-nos. Geralmente pensamos que somos nós que servimos a Deus. Mas não; foi Ele que nos serviu gratuitamente, porque nos amou primeiro. É difícil amar, sem ser amado; e é ainda mais difícil servir, se não nos deixamos servir por Deus”, assinalou o líder religioso.

Veja a íntegra da celebração:

Últimas notícias