Covid-19: Trump abandona ideia de reabrir país até a Páscoa

EUA já têm mais de 2 mil mortes e 100 mil casos confirmados. Presidente decidiu estender orientação de isolamento até 30 de abril

atualizado 29/03/2020 20:26

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na noite deste domingo (29/03) que o pico de mortes por Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, no país será daqui a duas semanas. Por este motivo, Trump orientou a população a ficar em casa até 30 de abril.

A declaração foi feita numa entrevista coletiva e marcou uma reviravolta no discurso do presidente norte-americano sobre a doença. Desde o início da crise, Trump vinha defendendo medidas para diminuir o isolamento social.

Os EUA são o país com mais casos confirmados de coronavírus no mundo. Até este domingo, foram registradas 2 mil mortes e mais de 100 mil notificações da doença.

Durante a coletiva, Trump ainda anunciou que irá disponibilizar, para todos os hospitais do país, testes para detectar a presença do vírus nos cidadãos norte-americanos.

Segundo o presidente, os testes serão utilizados em todos os casos, em pessoas com sintomas mais graves, mas também em pacientes que estejam com sintomas leves.

Últimas notícias