Covid-19: pela 3ª vez, papa Francisco doa equipamentos médicos ao Brasil

Desta vez, são 18 respiradores e seis aparelhos de ultrassom portáteis que serão destinado a hospitais brasileiros

atualizado 17/08/2020 20:01

Riccardo de Luca/AP/Estadão Conteúdo

Com o intuito de ajudar o Brasil no combate ao coronavírus, o papa Francisco, através da Esmolaria Vaticana (departamento da Cúria Romana de assistência aos pobres), fez uma nova doação ao país de equipamentos médicos: desta vez, são 18 respiradores e seis aparelhos de ultrassom portáteis destinados aos hospitais brasileiros. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (17/8).

A Esmolaria Vaticana, responsável pela divulgação das obras de caridade, do pontífice afirmou: “A fim de concretizar a proximidade e o carinho do Santo Padre neste momento de dura provação e dificuldade, ele se mobilizou de diferentes formas e em mais frentes para buscar suprimentos médicos e equipamentos eletromédicos para doar a muitos centros de saúde que estão em situação de emergência e pobreza para encontrar os meios necessários para salvar e curar muitas vidas humanas”.

Apelo para a generosidade

O Vaticano também destacou que o Pontífice “incessantemente faz um sincero apelo para a generosidade e a solidariedade para com aquelas populações e aqueles países que majoritariamente sofrem por causa da emergência epidemiológica da Covid-19”.

Segundo a Esmolaria, os aparelhos serão entregues para os hospitais que a Nunciatura Apostólica indicou no Brasil. “Para que esse gesto de solidariedade e caridade cristã possa ajudar as pessoas mais pobres e necessitadas”.

Outras doações

Durante a pandemia, esta é a terceira doação feita pelo papa Francisco aos brasileiros. No mês de junho, ele doou quatro ventiladores pulmonares e, cerca de um mês depois, enviou mais um respirador para o hospital de campanha do Pará que atende povos indígenas.

0

Últimas notícias