Vídeos postados nas redes sociais da agência de notícias Deutsche Welle, nesta sexta-feira (19/1), traduzem a força da tempestade Friederike em sua passagem pela Europa. Com ventos de até 200km/h, o fenômeno já deixou pelo menos 10 mortos no continente: seis na Alemanha, três na Holanda e um na Bélgica.

Entre ontem e hoje, voos foram cancelados, edifícios acabaram destelhados, e árvores caíram. Na Alemanha, o serviço de trens de longa distância foi suspenso. Escolas ficaram fechadas. No oeste do país, caminhões capotaram, pontes e estradas foram bloqueadas. Somente em Colônia, os bombeiros registraram mais de 300 chamados.

Situação semelhante ocorreu na Holanda, com pessoas sendo arrastadas pelas ruas. A força do vento chegou a virar um ônibus que trafegava por uma estrada, derrubou uma pilha de contêineres e uma gigantesca peça publicitária.

 

Rajadas laterais de até 110km/h atingiram o aeroporto da cidade alemã de Düsseldorf na quinta (18). Alguns pilotos conseguiram aterrissar após diversas tentativas. Outros optaram por arremeter e buscar outro terminal.