Hemisfério Norte registra violenta onda de calor com máximas de 50ºC

Partes do Paquistão e da vizinha Índia têm sido duramente castigadas por altíssimas temperaturas desde abril

atualizado 14/05/2022 13:31

Mulher bebe agua durante calor no DF brasiliaGustavo Moreno/Especial Metrópoles

A temperatura atingiu 50ºC pela primeira vez neste ano no Hemisfério Norte em meio a uma onda de calor extremo que castiga o Sul da Ásia. Autoridades alertam sobre a escassez aguda de água e uma ameaça à saúde.

Partes do Paquistão e da vizinha Índia têm sido duramente castigadas por altíssimas temperaturas desde abril em condições meteorológicas extremas que a Organização Meteorológica Mundial alertou ser consistente com as mudanças climáticas.

Ontem, a cidade de Jacobabad, situada na província de Sindh, no Paquistão, atingiu uma máxima de 50,0°C, informou o Departamento Meteorológico do Paquistão (PMD). A previsão é que as temperaturas sigam extremas até este domingo com possibilidade de marcas ainda mais altas.

Leia mais em MetSul, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias