WhatsApp, Instagram e Facebook terão troca de mensagens integradas

O projeto tem previsão de ficar pronto até 2020. O objetivo é aumentar as receitas com publicidade e atrair usuários por mais tempo

iStockiStock

atualizado 25/01/2019 15:17

Whatsapp, Instagram e Facebook Messenger vão ter seus sistemas de envio de mensagens integrados até o ano que vem. O pacote de mudanças inclui ainda que o conteúdo trocado entre os aplicativos seja criptografado, para garantir mais segurança entre os usuários.

As informações foram reveladas ao jornal New York Times por pessoas envolvidas nos projetos. Com as mudanças o diretor executivo das plataformas Mark Zuckerberg pretende por fim aos escândalos envolvendo o vazamento de dados dos usuários.

Além disso, a integração, na visão da empresa, deve gerar mais usuários expostos à publicidade gerada pelo Facebook, aumentando a receita da empresa.

Em nota o Facebook diz que tem “trabalhando para melhorar nossos produtos criptografados de ponta a ponta e considerando formas para tornar mais fácil o alcance de amigos e famílias entre as redes”. A plataforma justificou que as pessoas querem cada vez mais se comunicar com mensagens “rápidas, simples, confiáveis e privadas”.

Vazamento de dados
No ano passado, Zuckerberg assumiu o vazamento de dados de 87 milhões de usuários do Facebook. As informações foram compartilhadas de modo inadequado com a empresa de consultoria Cambridge Analytica.

O vazamento gerou revolta em anunciantes e políticos. Na ocasião, o diretor assumiu a culpa pelo incidente, mas reafirmou que ainda é a pessoa certa para liderar a companhia.

Últimas notícias