Pesquisadores portugueses desenvolvem sistema que detecta fake news

Sistema utiliza mais de 100 indicadores psicolinguísticos e estatísticos para identificar uma notícia falsa

atualizado 25/05/2020 15:50

Pesquisadores do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC) da cidade do Porto, em Portugal, estão debruçados sobre o projeto de criar um sistema que analisa posts nas redes sociais e detecta notícias falsas com alta probabilidade de acerto.

O sistema utiliza mais de 100 indicadores psicolinguísticos e estatísticos, que armazenam conhecimento pré-adquirido e que, de forma automática, aprendem a “classificar com ótimo nível de acerto se a nova publicação é fake news ou não”.

Leia a matéria completa no site do Mais Goiás, parceiro do Metrópoles.

 

Últimas notícias