Crianças assintomáticas podem transmitir a malária aos mosquitos

Novo estudo sugere que, mesmo que elas não desenvolvam os sintomas da doença, há chance de se tornarem "propagadoras" da doença

atualizado 23/11/2020 12:29

Ministério da Saúde

As crianças infectadas com malária têm o potencial de se tornarem “propagadores”, transmitindo o parasita para multidões de mosquitos locais. Mesmo que elas não desenvolvam os sintomas da doença, sugere um novo estudo.

Uma vez que essa doença é transmitida de humanos para mosquitos e vice-versa, ao invés de pessoa para pessoa, a descoberta é preocupante. Ou seja, se a malária não for tratada nessas crianças assintomáticas, os parasitas vão continuar circulando entre os mosquitos.

Leia mais em SoCientífica, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias