Caverna guarda primeiras evidências de humanos tomando alucinógenos

Segundo novo estudo, o catavento é uma representação da flor branca de Datura wrightii, alucinógeno que o povo Chumash utilizava

atualizado 01/12/2020 14:51

Antes de entrar em transe com alucinógenos naturais, os indígenas californianos provavelmente se reuniam em uma caverna para olhar em direção ao teto rochoso. Esse é o lugar onde um catavento e uma mariposa de olhos grandes estavam pintados de vermelho.

De acordo com um novo estudo, o misterioso catavento é uma representação da delicada flor branca de Datura wrightii, um poderoso alucinógeno que o povo Chumash tomava não apenas para fins cerimoniais. Aparentemente, ele também era usado para fins medicinais e sobrenaturais.

Leia mais em SoCientífica, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias