China bloqueia sites de cripto em mais uma tentativa de banir o Bitcoin

Autoridades da China bloquearam o acesso ao CoinGecko, CoinMarketCap e TradingView por meio de seu firewall de internet

atualizado 28/09/2021 20:13

HONG KONG, CHINA - 2021/09/20: China Evergrande Centre sign seen on the front of their building. Fears of China property group Evergrande defaulting on debt have investors worried about the potential impact on the wider global economy. These concerns dragged Hong Kong stocks towards to a one-year low. (Photo by Katherine Cheng/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)Reprodução/SOPA images via Getty Images

Em mais uma tentativa de “banir o Bitcoin“, as autoridades da China bloquearam o acesso ao CoinGecko, CoinMarketCap e TradingView por meio de seu firewall de internet.

Ferramentas que verificam se o firewall de internet da China bloqueia sites mostram que a repressão contra o mercado de criptomoedas está se intensificando.

Leia mais no Cointimes, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias