CEO de startup americana é demitido após usar LSD no trabalho

O ex-presidente-executivo da Iterable, Justin Zhu, afirmou que estava tomando microdoses para aumentar seu foco no trabalho

atualizado 03/05/2021 11:00

Justin ZhuReprodução/LinkedIn

Na última quarta-feira (16/4), o conselho administrativo da Iterable, startup bilionária de marketing, notificou seus funcionários sobre a demissão de Justin Zhu, cofundador e executivo-chefe da empresa.

A decisão foi justificada por violações não especificadas da política da empresa, mas Zhu informou ao Bloomberg que foi afastado por tomar LSD.

Leia mais em BP Money, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias