O caso do desparecimento da menina Madeleine McCann voltou aos noticiários nesta semana. Tudo isso por conta de um documentário lançado pela Netflix nesta sexta-feira (15/3), que promete apontar o que realmente aconteceu com a garota, que tinha 3 anos na época.

A Netflix disse que a série documental inclui “depoimentos nunca antes ouvidos de pessoas que estão no centro da história”, incluindo os amigos dos McCann e ex-investigadores.

Muitas informações novas foram mostradas no documentário. Outras, no entanto, não são novidade, mas não tiveram muita divulgação na época do desaparecimento. Como um vídeo gravado por celular feito pelos pais da garota que mostram ela e a família embarcando da Inglaterra para Portugal.

No entanto, uma imagem chamou a atenção de quem viu a série: um retrato falado divulgado pela polícia portuguesa logo após o sumiço. Um esboço, feito com caneta, mostra um rosto ovalado, com cabelos lisos e só. Sem olhos, nariz ou boca.

Simon Russell, dono de um cibercafé na cidade de Luz, comentou o que fez quando lhe foi mostrada a imagem: “Sorri quando me mostraram. O que mais você poderia fazer?”, afirmou.